Transações

BPI lança novo serviço digital de Bolsa com cotações em tempo-real

BPI

BPI lança novo serviço digital de Bolsa com cotações em tempo-real

 A app BPI Broker permite aos investidores negociar em Bolsa através dos seus dispositivos móveis como se estivessem na sala de mercados do BPI

O BPI lançou uma plataforma de corretagem de Bolsa que oferece monitorização em tempo-real e negociação de títulos em mais de 12 Bolsas mundiais. O BPI Broker está disponível em iOS e Android ou a partir da BPI App e do BPI Net Bolsa e permite aos investidores negociar online como se estivessem na Sala de Mercados do BPI.

A nova plataforma disponibiliza toda a informação de Bolsa numa única página – Single Page Application – na versão Web, incluindo cotações, ordens e carteira de títulos. No BPI Broker, as cotações das ações são exibidas em streaming puro, com a mesma qualidade que os sistemas usados pelos Traders do BPI, e o envio das ordens para a Bolsa é mais célere.

O investimento e o trading online registaram um crescimento significativo nos últimos tempos, tendo aumentado o número de investidores ativos, com um perfil mais digital. Neste contexto, o BPI desenhou uma plataforma de corretagem que dá resposta às necessidades dos Clientes mais exigentes em termos de consulta e acompanhamento de cotações e velocidade da colocação de ordens de Bolsa. O BPI Broker disponibiliza ferramentas de análise técnica dos títulos e permite que o Cliente possa consultar a sua carteira consolidada de todas as contas no BPI.

Permite ainda o envio de ordens do tipo Trailing Stop para a Euronext – ordens enviadas para o mercado apenas quando um determinado preço é atingido.

Estas operações distinguem-se das ordens stop atuais na medida em que o preço de disparo acompanha a evolução da cotação quando esta evolução é favorável para o Cliente.

Durante este ano será lançada a opção de Ordens Smart, onde se destacam as Ordens If Done (Encadeadas), as OCO (One Cancel the Other) e as If Done – OCO. Estas últimas permitem ao Cliente definir, no momento em que introduz a ordem, o ganho pretendido e a perda máxima que está disposto a suportar. Este tipo de ordens é particularmente atrativo em alturas de grande volatilidade nos mercados bolsistas ou quando o Cliente não pode acompanhar de perto a evolução dos títulos.