Sustentabilidade

Bankinter lança em Portugal fundo de capital de risco

Bankinter

Bankinter lança em Portugal fundo de capital de risco para investimento em energias renováveis

O Bankinter, em parceria com a Plenium Partners, acaba de disponibilizar para Portugal o Helia Renovables IV, um Fundo de Capital de Risco inovador, com o objetivo de captar 25 milhões de euros que serão investidos na área das energias renováveis na Península Ibérica e em Itália.

O Bankinter coloca à disposição dos seus clientes em Portugal, esta solução de investimento destinada a investidores com perfil de investimento dinâmico, que terá como objetivo atingir uma distribuição média anual prevista de 5% durante sete anos.

O fundo permitirá aos subscritores investirem em parques de energias renováveis em exploração, com tecnologia eólica, solar ou fotovoltaica e mini-hídrica localizados na Península Ibérica e Itália, com uma vida útil mínima de três anos em funcionamento e um historial de operações comprovado. Atualmente, a carteira é constituída por 12 parques fotovoltaicos, localizados em Espanha, que têm uma potência instalada de 56 MW. Estão igualmente previstos investimentos em Portugal.

Em Espanha, o Helia Renovables IV foi lançado com sucesso em maio de 2020 e permitiu captar 255 milhões de euros. O lançamento deste Fundo de Capital de Risco em Portugal surge na sequência do compromisso do Bankinter em apresentar soluções inovadoras para os seus clientes do segmento Private Banking, assim como dinamizar iniciativas associadas às alterações climáticas e melhoria da sustentabilidade ambiental.

Para Paulo Rodrigues, Diretor da Banca Comercial e membro da Comissão Executiva do Bankinter Portugal, “o Helia Renovables IV é mais uma solução de investimento inovadora que disponibilizamos aos nossos clientes de Private Banking, segmento onde temos vindo a reforçar a nossa proposta de valor e onde queremos continuar a crescer. Através deste Fundo, os clientes têm a oportunidade de diversificarem os seus portfólios, investindo num setor com futuro como é o das energias renováveis e em ativos com rentabilidades estimadas muito interessantes e não correlacionados com os mercados financeiros tradicionais, principalmente no atual contexto de taxas de juro baixas. Além disso, o facto de o Bankinter e a Plenium Partners investirem em conjunto com os clientes é um factor de confiança adicional nas potencialidades deste sector”.