Segurança

Empresas nacionais sofrem 410 ciberataques por semana

Empresas nacionais sofrem 410 ciberataques por semana
As empresas nacionais sofreram 410 ciberataques por semana nos últimos seis meses, de acordo com dados avançados pela Check Point Software.

De acordo com Rui Duro, country manager Portugal da Check Point Software, grande parte dos ficheiros maliciosos que atacam as empresas chegam por e-mail. Já 68% das organizações são alvo de ataques de exploração de vulnerabilidades do tipo Remote Code Execution.

41% dos incidentes têm origem nos Estados Unidos da América, com 20% a surgir em Portugal e 10% na Irlanda e Países Baixos, mas há ataques cuja origem não é fácil de identificar. Segundo Rui Duro, existem casos em que as entidades por detrás dos ataques acabam por usar “mulas” ou outros estratagemas, como bots, para esconder a sua verdadeira identidade.

“Muitas vezes as empresas focam-se num só ponto, mas os cibercriminosos estão sempre à procura da porta que está aberta e que lhes dá acesso direto”, referiu ainda Rui Duro.

Relativamente às tendências identificadas pela Check Point Software, destaque para o branded malware, que se aproveita da popularidade das marcas marcas e da utilização de serviços digitais, e para o ransomware, onde se tem verificado um aumento nos ataques de dupla extorsão.