Inovação

Beta-i reconhecida como pólo de inovação financeira

A revista Global Finance nomeou a Beta-i como um dos mais importantes pólos mundiais de inovação financeira. 

A publicação internacional de economia e negócios Global Finance considerou a Beta-i um dos “25 melhores laboratórios de inovação financeira” do mundo.

A lista “25 Best Financial Innovation Labs” integra um universo mais abrangente denominado ‘The Innovators 2019’, no qual é são avaliados anualmente os mais importantes centros de disrupção financeira a nível internacional.

A Beta-i surge integrada num grupo de empresas que inclui o Barclays Accelerator, o Deutsche Bank Innovation Labs, a PayPal Innovation Lab, a Santander-InnoVentures, o  Wells Fargo Startup Accelerator ou o reconhecido StartupBootcamp.

Pedro Rocha Vieira, CEO e co-fundador da Beta-i, considera “recompensador ver a Beta-i, de novo, numa lista tão restrita e prestigiada”.

Segundo o responsável, a Beta-i tem contribuído para reconfigurar o universo financeiro, “via fintechs, montando programas como o Pay Forward, com a SIBS, ou o Protechting, que envolve parceiros como a Fidelidade, a Fosun e o Hauck & Aufhäuser, um banco de investimento alemão”.

Sandbox de inovação

A Beta-i considera esta área como uma oportunidade que poderá “servir como “sandbox” para novos modelos de negócio e conceitos na área financeira”. O Brexit é um dos criadores de oportunidades já identificado.  A Beta-i considera-se bem posicionada para replicar a experiência noutras geografias.

A Beta-i tem vindo a integrar várias listas do género, pelo seu papel central no ecossistema “startup” de Lisboa, como por exemplo da Wired ou da Fundacity.

A Beta-i é uma plataforma de inovação criada para dar impulso ao empreendedorismo, atuando em três áreas principais: Aceleração, Inovação Corporativa e Educação.