autenticação

75% dos comerciantes europeus desconhece novos padrões de segurança

Comerciantes e retalhistas devem preparar-se para oferecer uma autenticação forte dos clientes (SCA – Strong Costumer Authentication) para evitar a insatisfação do cliente diz a Mastercard.

Três quartos (75%) das empresas europeias com lojas online desconhece o novo padrão de segurança que entrará em vigor em setembro do corrente ano, por via da adoção da diretiva para os sistemas de pagamento. As conclusões são de uma pesquisa realizada pela Mastercard junto de um pequeno grupos de empresas.

Desenvolvido para melhorar a experiência dos pagamentos digitais, o EMV 3-D Secure (ou EMV 3DS) deverá dar início a uma nova etapa de segurança nas transações online e vai tornar-se na norma da autenticação forte (SCA) para o sector dos pagamentos, uma vez que suporta novas tecnologias como, por exemplo, a autenticação biométrica, explica a Mastercard.

Apesar destas mudanças, apenas 14% do grupo de empresas abrangidas pela pesquisa da Mastercard adoptaram a SCA. Cerca de 51% afirmou que só vai estar a postos depois de setembro de 2019 ou que nem sequer têm, ainda, planos para implementarem a autenticação forte.

O que fazer?

A SCA é obrigatória nos termos da Diretiva de Serviços de Pagamento 2 (PSD2) a partir de setembro deste ano. No entanto, antes disso, os comerciantes com lojas online devem estar preparados, até ao verão, para pelos dois aspetos, segundo a Mastercard.

1- Os comerciantes devem entrar em contato com o seu prestador de serviços de pagamento para garantir que a empresa está pronta e inscrita na verificação de identidade;

2. Os comerciantes devem esclarecer os consumidores detalhadamente sobre as alterações que irão surgir na experiência de pagamento, destacando os benefícios, em particular de que não será necessário recordar ou reinserir passwords e que isso trará uma provável redução de tentativa de fraudes.

Em paralelo, os bancos emissores de cartões também terão de informar os seus clientes sobre a verificação de identidade e sobre os novos e melhores métodos de autenticação, incluindo a autenticação biométrica.

“Migrámos a nossa solução de Verificação de Identidade com o EMV 3DS e realizámos a primeira transação bem-sucedida dentro deste novo standard em setembro de 2018″, observa Paulo Raposo, diretor-geral da Mastercard em Portugal.