Meios de Pagamento

Visa regista 500 milhões de pagamentos contactless na Europa nos últimos três meses

Visa regista 500 milhões de pagamentos contactless na Europa nos últimos três meses
A Visa processou mais de 500 milhões de pagamentos contactless adicionais na Europa, nos últimos três meses, revelou a empresa. Numa nota enviada às redações, a Visa justifica o aumento com o impacto da pandemia de covid-19, que “levou a que os pagamentos contactless passassem de uma comodidade a uma necessidade.”

“A possibilidade de efetuar pagamentos digitais em loja, independentemente do valor, já não é apenas uma conveniência, mas uma necessidade para os consumidores e comerciantes, ajudando-os a evitar o contacto físico com os terminais de pagamento”, explica a empresa.

A utilização do contactless tem registado um aumento desde o início do ano em toda a Europa. Atualmente, mais de 75% dos pagamentos Visa em loja já são efetuados com recurso a esta tecnologia. Em alguns países europeus, a quota das transações contactless da Visa mais do que duplicou em termos homólogos, diz ainda a empresa.

Paula Antunes da Costa, country manager da Visa em Portugal, explica que “a popularidade crescente dos pagamentos contactless em toda a Europa não é de todo uma novidade. A pandemia serviu para acelerar uma tendência já existente, com a diferença de que agora os pagamentos contactless já não são uma conveniência, mas sim uma necessidade. Quando a pandemia mundial surgiu, a nossa prioridade imediata, em conjunto com os nossos parceiros por toda a Europa, foi aumentar os limites nos pagamento contactless, como forma de ajudar os consumidores a efetuarem pagamentos de forma mais fácil e segura, independentemente do valor, tendo apenas de introduzir o código PIN a partir dos 50 euros.”

“A introdução de limites contactless mais elevados, sem necessidade de introduzir um código, PIN foi um marco importante para a indústria dos pagamentos em Portugal, e que tem ajudado os consumidores a poderem fazer compras maiores, sem necessidade de contacto com o terminal de pagamento. O comportamento dos consumidores mudou devido à covid-19, e por isso verificamos em Portugal uma preferência crescente por pagamentos contactless, independentemente do valor, e através de dispositivos móveis, bem como uma mudança para o online. Considerando estes fatores, na Visa, vamos continuar a trabalhar em conjunto com os nossos parceiros no setor para apoiar as empresas portuguesas a aceitar pagamentos digitais, o que permite também manter o distanciamento social que se tem vindo a tornar parte do nosso modo de vida”, conclui.