Inovação

Visa cria rede de pagamentos B2B transfronteiriça

É, segundo a Visa, “a primeira rede de pagamentos B2B transfronteiriça”. Tem como objetivo simplificar os pagamentos e fornecer dados de valor acrescentado às instituições financeiras e clientes.

A Visa anunciou o lançamento comercial da rede Visa B2B Connect. Esta, que é a primeira rede de pagamentos B2B transfronteiriça, tem como objetivo simplificar os pagamentos e aumentar “a capacidade de processar com rapidez e segurança os pagamentos transfronteiriços corporativos de alto valor a nível global”, explica a empresa em comunicado.

Através da nova rede são também disponibilizados dados de valor acrescentado que podem ser utilizados pelas instituições financeiras e pelos seus clientes corporativos, além de se verificar uma maior transparência e consistência dos dados, acrescenta o mesmo documento.

O objetivo da Visa é expandir a solução até 90 mercados até o final de 2019

Segundo a mesma informação disponibilizada à imprensa, esta nova solução irá cobrir os principais corredores comerciais globais. O objetivo é expandir até 90 mercados até o final de 2019.

Este lançamento “assinala um importante marco na indústria” e “irá acelerar a evolução de como os pagamentos comerciais se movimentam pelo mundo”, referiu Kevin Phalen, SVP, global head of Visa Business Solutions. “Ao criar uma solução que facilita as transações diretas de banco para banco estamos a eliminar o atrito associado aos principais pontos problemáticos da indústria”.

Através do Visa B2B Connect é eliminado o atrito e o tempo gasto em transações corporativas transnacionais, porque as transações do banco de origem seguem diretamente para o banco beneficiário.

Transformação nas transações transfronteiriças B2B

A Visa acredita que, com o recurso à identidade digital da Visa B2B Connect, é transformado o modo como as informações são trocadas em transações transfronteiriças business-to-business.

A identidade digital única da rede simboliza a tokenização das informações comerciais confidenciais de uma organização – como detalhes bancários e números de contas -, fornecendo um identificador exclusivo que pode ser usado para facilitar as transações na rede.

O Commerce Bank participou no programa-piloto e “está entusiasmado em ver como esta solução inovadora mudará a forma como os pagamentos transfronteiriços são feitos, aumentando a velocidade e a transparência para empresas em todo o mundo ”, assinala Brian Gordon, vice-presidente sénior de pagamentos e comércio internacional do Commerce Bank.

Por seu lado, Alessandro Seralvo, diretor da Cornèrcard & vice-presidente executivo do Cornèr Bank, mostra-se também entusiasmado com a iniciativa “Este método moderno de realizar pagamentos B2B transfronteiriços cria um valor acrescentado substancial para os nossos clientes corporativos. A velocidade, a segurança e o controlo das transações, bem como os riscos inferiores de contraparte são essenciais para um negócio de sucesso com parceiros internacionais”, afirma.

Entre os parceiros envolvidos nesta iniciativa encontram-se a Bottomline, a FIS e a IBM que são partes integrantes da futura escala do Visa B2B Connect.

A Bottomline e a FIS estão a trabalhar no acesso à plataforma Visa B2B Connect para os seus clientes bancários participantes. Além dos ativos da Visa a nova solução utiliza a estrutura de código aberto Hyperledger Fabric da Linux Foundation, em parceria com a IBM.