Internacionalização

Revolut vai emitir cartões Visa em 5 novas regiões

Número médio de transações por cartão Visa cresce 7,5% em Portugal

Depois da Europa, a Revolut irá agora dar prioridade à emissão de cartões da marca Visa na sua expansão global.

A Visa e a Revolut anunciaram, no final de setembro, um novo acordo global que irá permitir à Revolut expandir a sua oferta de produtos a cinco novas regiões e 24 novos mercados.

A parceria entre as empresas, agora reforçada, remonta a julho de 2017 quando a Revolut começou a emitir cartões Revolut Visa para os clientes na Europa.  A partir de agora, a Revolut “poderá expandir em cinco novas regiões e alcançar 24 novos mercados”, refere comunicado da Visa.

A solução estará disponível na Austrália, Brasil, Canadá, Hong Kong, Japão, Rússia, Singapura e EUA, seguidos pela Argentina, Chile, Colômbia, Índia, Indonésia, Coreia, Malásia, México, Nova Zelândia, Filipinas, Arábia Saudita, África do Sul, Taiwan, Tailândia, Ucrânia e Vietname.

“A Revolut oferece um leque de serviços bancários digitais aos seus consumidores, associados a um cartão Visa, através de uma aplicação móvel que permite o câmbio, a realização de orçamentos e de pagamentos ‘person-to-person’ (P2P)”, detalha comunicado de imprensa.

“Estamos muito entusiasmados em alargar a nossa parceria com a Visa que irá tornar realidade a nossa visão comum para uma experiência de pagamento inovadora e ininterrupta”, disse Nicolay Storonsky, fundador e administrador-executivo da Revolut. “Este novo acordo global (…) permite estender aos consumidores dos novos mercados onde estamos a entrar o controlo, a flexibilidade e as funcionalidades inovadoras que os nossos consumidores europeus já beneficiam há vários anos”, acrescenta o responsável em comunicado.

“A Revolut (…) procurará atingir os seus objetivos de crescimento global através de um aumento de volume na rede Visa”, disse Antony Cahill, diretor-geral da Visa na Europa.

Através dos serviços bancários da Revolut, os clientes “podem receber notificações instantâneas de gastos, estratos mensais de gastos e orçamentos organizados por categorias”. As API da Visa irão dar aos clientes “segurança e velocidade”

A opção de complementar a aplicação da Revolut com as API da Visa (Visa Token Service, Payments Attribute Account Inquiry) e com cartões pré-pagos e de débito Visa irá oferecer a segurança e a velocidade que os consumidores esperam ao usar o seu Visa.

A aplicação permite ainda “o câmbio contínuo a baixo custo”, refere comunicado. Os clientes podem efetuar pagamentos, a nível global, em mais de 150 moedas, e obter câmbio até 29 moedas e criptomoedas, incluindo bitcoin, dólar canadiano, dólar americano, peso mexicano, libras e euros, diretamente através da aplicação usando uma taxa de câmbio interbancário.

A aplicação tem ainda opções como o pagamento P2P que permite, por exemplo, dividir contas em restaurantes.