Meios de Pagamento

REDUNIQ quer agilizar a digitalização dos negócios portugueses

REDUNIQ quer agilizar a digitalização dos negócios portugueses
A REDUNIQ está a implementar medidas de apoio aos negócios durante a crise de COVID-19. De acordo com a empresa, um dos objetivos é facilitar o processo de pagamentos entre comerciantes e clientes, sobretudo nas vendas online, e garantir a sobrevivência das empresas.

Numa nota enviada às redações, a marca da Unicre explica que uma das medidas em marcha passa pela aceleração da digitalização dos negócios em Portugal através da utilização de uma solução de aceitação de pagamentos por email, uma forma de permitir que qualquer negócio (loja, restaurante, clínica, etc.) possa manter o seu processo de vendas sem a necessidade de ter uma loja online.

Tiago Oom, diretor da REDUNIQ, afirma que “reconhecemos que, perante o contexto atual, em que a grande maioria dos negócios tiveram de fechar as portas temporariamente, e no qual o e-commerce registou um aumento exponencial do número de transações, seria imperativo dar resposta às dificuldades sentidas sobretudo pelos pequenos comerciantes, de forma a garantir que estes pudessem prosseguir com a sua atividade ao transitar o seu processo de pagamentos físico para o meio online”.

“No que respeita ao serviço de pagamentos por email, não só este é feito em segurança, através de um protocolo 3D Secure da Visa e Mastercard, como é dada a garantia de que o negócio que emite o pagamento é um cliente da REDUNIQ que cumpre todas as regras dos sistemas internacionais e do próprio acquirer português”, acrescenta Tiago Oom.

Segundo dados da empresa, em março, o volume de transações por e-commerce teve um aumento de mais de 110% face ao período homólogo. Já a utilização da tecnologia contactless registou uma subida de 113% face ao período homólogo.