Responsabilidade ambiental

Mastercard e Doconomy associam serviço a sustentabilidade ambiental

Sustentabilidade ambiental Mastercard Docomony

Uma nova parceria entre as duas empresas propõe aos consumidores monitorizar, compreender e assumir a responsabilidade da pegada de carbono dos seus consumos.

A Doconomy e a Mastercard revelaram um novo projeto através do qual pretendem contribuir para a sustentabilidade ambiental e combater as alterações climáticas. Assenta num serviço bancário gratuito que permitirá aos utilizadores monitorizar e entender a pegada de carbono dos seus consumos, explicaram as empresas, durante o Mobile World Congress.

Além disso, poderão desencadear a compensação da sua pegada de CO2, através de projetos implantados para o efeito e certificados pela ONU.

O novo serviço chamado DO é um passo importante no compromisso da Mastercard para impulsionar a inovação para um futuro sustentável, diz este operador. Um dos objectivos da oferta é que os utilizadores possam fazer escolhas mais sustentáveis no seu consumo diário.

Impacto positivo no planeta

Desta forma, o serviço dá informação mais aprofundada sobre os efeitos ambientais dos consumos. Ao mesmo tempo que oferece algumas ferramentas para criar mudanças, através de escolhas sustentáveis, diz um comunicado.

Disponibiliza ainda a oportunidade de investir em fundos com impacto positivo nas pessoas e no planeta.

“Juntamente com a Doconomy, podemos envolver consumidores, comércio e empresas na luta contra as alterações climáticas. Esta colaboração é uma parte importante do nosso foco na sustentabilidade e um solução que oferece às pessoas uma maneira simples de assumir a responsabilidade pela respetiva pegada de carbono, com base no que consomem”, comenta Mark Barnett, presidente da divisão Mastercard UK, Irlanda, Nordic e Países Bálticos

A oferta inclui a possibilidade de os clientes solicitarem o cartão DO Mastercard de pagamento físico, ecológico e biodegradável. O cartão, que é impresso com material resultante de reciclagem (Air-Ink) e não tem banda magnética.

A oferta inclui a possibilidade de os clientes solicitarem o cartão DO Mastercard de pagamento físico, ecológico e biodegradável. O cartão, que é impresso com material resultante de reciclagem (Air-Ink) e não tem banda magnética.

“Através da rede global da Mastercard, a Doconomy pode alcançar e alavancar o poder dos consumidores em todo o mundo e direcionar capital para iniciativas sustentáveis”, diz Nathalie Green, CEO da Doconomy.

Na opinião de Niclas Svenningsen, gestor de ação climática global da Convenção-Quadro da ONU sobre a Mudança do Clima: “o DO representa uma maneira nova e interessante de levar o tema das alterações climáticas diretamente ao consumidor, que é um dos nossos objetivos estratégicos no nosso trabalho sobre a Ação Climática Global”. A aplicação DO ficará disponível durante o mês de abril.