Meios de Pagamento

Euro Digital – A discussão nacional já começou

Euro Digital

O Banco de Portugal já iniciou a discussão com o mercado sobre o projeto do Euro Digital, que visa criar uma moeda digital para o euro emitida pelo Eurosistema. A primeira reunião do Grupo de Contacto com o Mercado sobre o Euro Digital realizou-se a 21 de abril, informou a entidade, em comunicado.

Este projeto encontra-se atualmente na fase de investigação, que teve início a 1 de outubro de 2021 e deverá prolongar-se por 24 meses. Nesta fase, estão a ser estudados os desenhos funcional e técnico do euro digital e avaliados os impactos associados à sua eventual emissão.

O Grupo de Contacto tem como objetivo obter a visão de diferentes intervenientes da sociedade quanto:

  • às principais opções relativas à conceção e distribuição de um potencial euro digital
  • às oportunidades que a introdução do euro digital poderá trazer para os diferentes agentes e setores de atividade intervenientes no mercado de pagamentos nacional (consumidores, comerciantes, prestadores de serviços de pagamentos e fornecedores de infraestrutura de aceitação de pagamentos),

Os membros foram selecionados pelo Banco de Portugal, com base na sua experiência profissional e ligação ao sistema financeiro e, em particular, à área de pagamentos.

Na primeira reunião foram apresentadas as perspetivas dos membros sobre alguns dos tópicos em discussão no âmbito do projeto do euro digital, nomeadamente, os casos de uso considerados prioritários e as vantagens e desvantagens associadas a diferentes opções de desenho do euro digital.

Os trabalhos do Grupo de Contacto com o Mercado sobre o Euro Digital deverão prolongar-se durante a fase de investigação do projeto.

Entre os membros destacam-se representantes de entidades/empresas como o BPI, a Sonae, o Grupo Jerónimo Martins, a Accenture, a Visa, a Mastercard, a SIBS e a Deco Proteste.