Banca

COVID-19 leva portugueses a recorrer à banca digital

COVID-19 leva portugueses a recorrer à banca digital
Os dados foram avançados pela Caixa Geral de Depósitos (CGD): em março, o banco registou um aumento de 30% no número de utilizadores da sua aplicação Caixadirecta, tendo atingido 700 mil utilizadores únicos e mais de 17 milhões de utilizações. No mesmo mês, mais 1,1 milhões de portugueses utilizaram os canais digitais da instituição.

De acordo com os dados avançados pela Caixa Geral de Depósitos, os canais digitais representaram nas últimas semanas de março mais de 68% das operações realizadas por clientes na CGD, o que representa um aumento de 16% face ao valor médio dos últimos meses (52%). Em termos homólogos, em março, a CGD registou um crescimento de 32% do número médio de clientes na sua aplicação. Nos diversos canais digitais este aumento foi de 17%. Em número de acessos o crescimento foi de 23% na App e de 16% no total de canais digitais do banco.

O banco diz ainda que este aumento foi especialmente significativo na última semana de março, com cerca de 460 mil clientes únicos a acederem diariamente aos canais digitais da Caixa Geral de Depósitos. Nos outros canais digitais as variações mais significativas verificam-se na utilização do contact center, com a utilização do canal telefónico automático a registar em março mais 34% em número clientes e mais 55% em número de acessos face aos meses anteriores. Na última semana de março, a CGD registou uma média de mais de 26 mil acessos diários. O número de chamadas voz do contact center aumentou de 5 mil por dia, em período normal, para as 10 mil por dia no início deste mês de abril.

Além disso, de acordo com os dados, foi ainda batido um recorde diário de aberturas de contas online em total autosserviço no dia 31 de março, dia em que se verificou a abertura de 41 contas de novos clientes.

Para dar resposta a este aumento de acessos aos seus canais digitais e também às regras de confinamento impostas pelo Governo, a Caixa Geral de Depósitos anunciou recentemente a disponibilização, na app Caixadirecta, através da Assistente Digital CAIXA, da possibilidade de os clientes poderem registar o pedido de carência do seu crédito habitação ou crédito pessoal, por interação por voz, em português. O pedido fica registado e os clientes são posteriormente contactados pela rede de agências para dar seguimento ao pedido.