- Smartpayments News - https://www.smartpaymentsnews.com -

Inteligência emocional na liderança é transversal a todos os setores

O que precisamos de saber para melhor gerir pessoas e equipas?

Em situações de crise liderar com inteligência emocional [1] faz a diferença, a capacidade de perceber, controlar e avaliar as próprias emoções e ao mesmo tempo a capacidade de interpretar e compreender as emoções dos outros, tem sido a chave do sucesso da liderança de muitas empresas.

O artigo publicado pela VeryWell Mind [2], reflete de forma interessante a propósito do tema. Há quem defenda que a inteligência emocional é uma característica inata, outros há que acreditam que pode ser trabalhada e desenvolvida [3].

Como desenvolver a inteligência emocional:

Trabalhar nestas diferentes dimensões permite trazer as emoções para o quotidiano sem receio do impacto que possam ter. Implica um caminho de desenvolvimento pessoal [4] com consequências para o próprio e para os outros, é não ter receio de olhar de frente para quem somos e como nos relacionamos.

Na prática significa:

A inteligência emocional permite ver e entender diferentes perspetivas [5] e experiências, abre caminho para o relacionamento positivo entre pessoas e equipas pautadas pela diversidade [6]. É inclusiva e respeita a diferença, é terreno fértil para um crescimento saudável.

Artigo publicado no RHBIZZ [7]