Meios de pagamento

Visa promove pagamentos integrados e interoperáveis em carregamento de veículos elétricos

Visa

Visa promove pagamentos integrados e interoperáveis em carregamento de veículos elétricos

  • No âmbito do debate sobre pagamentos e sistemas interoperáveis para pontos de carregamento de veículos elétricos (EV), a Visa está a apelar para que a indústria integre normas de pagamento interoperáveis que proporcionem aos consumidores uma maior comodidade e escolha.
  • A Visa está também a lançar uma nova consulta entre os fabricantes de pontos de carregamento de veículos elétricos para identificar as barreiras à instalação de pontos de pagamento contactless e propor soluções consistentes.

A Visa (NYSE: V) acaba de apelar à padronização dos sistemas de pagamentos em pontos de carregamento de veículos elétricos (EV) em toda a Europa. A empresa acredita que a indústria europeia de carregamento de EV deve comprometer-se a proporcionar aos consumidores a liberdade de pagar com o método escolhido – principalmente através da adoção de pagamentos de circuito aberto, integrados e interoperáveis.

Atualmente, não existe uma norma industrial generalizada para aceitação de pagamentos nos pontos de carregamento de EV. Isto leva a um sistema em que os consumidores, em toda a Europa, muitas vezes não têm escolha do método de pagamento e são forçados a uma única opção (por exemplo, a inscrever-se numa aplicação ou programa fornecido) ou mesmo a não poderem carregar o seu veículo porque não estão registados com o serviço de assinatura exigido. Apenas um pequeno número de países europeus, como a Alemanha, legislaram uma abordagem padronizada.

De forma a ajudar a fazer progressos para os consumidores nesta questão, a Visa está a lançar uma consulta com os fabricantes de pontos de carregamento EV e outros líderes da indústria para identificar barreiras e soluções para a aceitação consensual de pagamentos interoperáveis contactless e digitais.

Charlotte Hogg, CEO, Europa, Visa, afirma: “A adoção generalizada de veículos elétricos é fundamental para que a Europa cumpra os seus objetivos de emissões zero. Assegurar que as pessoas possam facilmente pagar para carregar os seus veículos é essencial se quisermos que estas adotem veículos elétricos. Neste momento, não é este o caso. Acreditamos que isto deve mudar para que os consumidores tenham a escolha que merecem”.