Meios de pagamento

Tecnologia desenvolvida em Portugal está disponível para mais de 125 mil comerciantes na Europa

Tecnologia desenvolvida

Tecnologia desenvolvida em Portugal está disponível para mais de 125 mil comerciantes na Europa

A tecnologia criada em Portugal pelo centro de desenvolvimento tecnológico da Mollie, um dos processadores de pagamento com crescimento mais rápido da Europa, está a ser usada por mais de 125 mil pequenas e médias empresas (PME) nos mercados europeus onde o unicórnio holandês está presente.

A equipa instalada em Lisboa, desde setembro de 2021, está a desenvolver a aplicação móvel e o dashboard que ajudam comerciantes em toda a Europa no crescimento dos seus negócios. Neste momento, o dashboard da Mollie é usado por mais de 125 mil comerciantes e a aplicação móvel chega a dezenas de milhares de utilizadores.

A equipa de Lisboa desenvolve as soluções centradas nos serviços de pagamentos, em conjunto com a equipa holandesa, e ambas têm como objetivo facilitar os sistemas de pagamentos para pequenos comerciantes, de forma que estes consigam competir com as grandes empresas de e-commerce.

Para continuar a criar uma solução mais relevante e mais adequada às necessidades de cada cliente, a Mollie pretende aumentar a sua equipa em Portugal e tem o objetivo ambicioso de recrutar mais 50 pessoas até ao fim de 2022. “Na Mollie, queremos que o nosso serviço de excelência continue a crescer e tenha um impacto real nos pequenos e médios comerciantes”, afirma Diogo Antunes, Gestor Sénior de Engenharia da Mollie. “Para isso, continuamos a contratar novos engenheiros e developers para que consigamos manter o nível do nosso serviço em toda a Europa.”

Em Lisboa, o unicórnio europeu pretende recriar o ambiente de progressão, diversidade e inclusão que já é sentido na sua sede em Amesterdão, e que lhe concedeu a certificação de “Great Place to Work”, nos restantes escritórios. A Mollie é uma das maiores fintech privadas na Europa e ajuda os comerciantes europeus a integrarem rapidamente todos os principais métodos de pagamento, oferecendo uma melhor experiência de pagamento aos consumidores. Esta abordagem personalizada e diferenciadora levou a empresa a levantar uma ronda de financiamento Série C de 665 milhões de euros, em 2021.