Startups

Prémios Empreende XXI: BPI vai premiar startups inovadoras

Prémios Empreende XXI: BPI vai premiar startups inovadoras

Vencedores nacionais vão receber prémios monetários, acesso a um programa de formação em Silicon Valley e mentoring especializado.

O BPI lança a 6ª edição dos Prémios Empreende XXI (PEXXI) para apoiar o desenvolvimento das startups em Portugal e fomentar o crescimento do ecossistema empreendedor. Até 5 de dezembro, as empresas de base tecnológica e com menos de três anos de atividade podem candidatar projetos inovadores através da página web www.empreendedorxxi.pt.

A iniciativa é dinamizada pelo BPI em Portugal e pelo CaixaBank em Espanha, através da DayOne, a sua divisão especializada para empresas tecnológicas e seus investidores.

Na anterior edição, candidataram-se 763 startups ibéricas (das quais 102 portuguesas), naquela que é uma das iniciativas para empreendedores com maior dimensão na Península Ibérica.

Em Portugal, a iniciativa conta com o apoio da Agência Nacional de Inovação (ANI), através do programa Born from Knowledge (BfK).

Pelo quinto ano consecutivo, será entregue a distinção BfK Awards à melhor empresa ou start-up portuguesa “nascida do conhecimento” e que mais se tenha destacado em atividades de Investigação & Desenvolvimento (I&D), com a atribuição do troféu “Árvore do Conhecimento”.

Os Prémios Empreende XXI atribuem em Portugal dois prémios às empresas com maior impacto na área geográfica de origem: um na zona “Norte e Centro” e outro em “Lisboa, Sul e Ilhas”. Cada um dos vencedores territoriais receberá 6 mil euros. As empresas candidatas concorrem ainda, a nível ibérico, aos “Prémios Desafios”, que vão premiar as empresas mais preparadas para responder aos atuais desafios do setor financeiro e da sociedade em geral. As vencedoras recebem um prémio de 20 mil euros.

Foram definidos seis desafios:

  1. BancaXXI. Transformação digital e tecnológica do setor financeiro: soluções inovadoras que acrescentam valor ao leque de produtos e serviços oferecidos pelo setor financeiro (banca e seguros).
  2. CidadeXXI. Cidades mais sustentáveis, seguras, conectadas e adaptadas: Destinada a empresas que propõem soluções para melhorar as cidades onde vivemos.
  3. PlanetaXXI. Sustentabilidade ambiental, um planeta melhor para as novas gerações: este desafio procura propostas inovadoras que ajudem a encontrar a melhor solução para um estilo de vida menos agressivo com os recursos naturais.
  4. SilverXXI. Assegurar o envelhecimento ativo e uma vida longa e saudável, através da tecnologia: este desafio dirige-se a setores como a tecnologia etária, as ciências da vida, a saúde digital, a mobilidade reduzida, o turismo sénior, o desporto, o fitness.
  5. SementeXXI. Transformação digital e inovação no sector agroalimentar: soluções tecnológicas relacionadas com a indústria agroalimentar para estabelecer uma produção mais eficiente, eficaz, sustentável e saudável.
  6. ViveXXI. Digitalização, novos modelos de negócio do setor da hotelaria, restauração, turismo e lazer: soluções que ajudam a reativar o setor, bem como novos modelos de negócio inovadores e soluções que contribuem para a sua digitalização.

Serão ainda atribuídos dois prémios especiais de 10.000 euros cada. O prémio Impacto Social será atribuído à empresa com maior influência positiva na sociedade e o prémio Deep Tech à inovação tecnológica mais disruptiva.

Além dos prémios monetários, todos os vencedores e um finalista por cada categoria dos desafios vão ter igualmente acesso a um programa internacional de formação. O programa Moonshot Thinking for Entrepreneurs foi especialmente concebido para startups com elevado potencial de crescimento e é ministrado pela ESADE e por especialistas de Silicon Valley. Combina sessões de formação com a experiência de visitar alguns dos principais centros de inovação do mundo.