Entrevista

Na SoftFinança estamos um passo à frente, inovamos e criamos novas oportunidades

SoftFinança

Luís Teodoro, administrador da Softfinança

Na SoftFinança estamos um passo à frente, inovamos e criamos novas oportunidades

A SoftFinança está no mercado das soluções tecnológicas, há mais de 30 anos, quais são aquelas soluções que têm maior potencial de crescimento?
A SoftFinança surgiu há 31 anos com soluções de sistemas de informação, para o mercado financeiro.
Ao longo deste período, as necessidades e exigências do mercado mudaram e procurámos estar sempre na vanguarda da inovação com o desenvolvimento de soluções tecnológicas capazes de corresponder às novas necessidades dos clientes nos diferentes setores em que atuamos.
Algumas das tendências que temos vindo a endereçar com as nossas soluções e projetos, independentemente do setor, prendem-se com a mobilidade e omnicanalidade de um negócio, entre outras importantes mudanças que têm vindo a transformar a experiência do cliente.
Estamos, e continuamos a estar, profundamente empenhados no desenvolvimento das mais avançadas soluções tecnológicas ao serviço dos clientes, desde soluções de meios de pagamento até à nossa solução de comunicação digital SEGG. Acreditamos, porque nascemos a pensar a transformação digital no setor financeiro há 31 anos, e temos vindo a alargar a nossa presença em novos setores, que estas áreas, em conjunto, irão ter um significativo crescimento nos próximos anos.

Atualmente, e apesar de o mercado estar em constante mudança, estes ciclos de mudança tornaram-se mais curtos, e a inovação constante torna-se a norma

Na vossa opinião o que privilegiam os novos consumidores? Quando dizemos que hoje os consumidores são mais exigentes, que significado tem essa exigência no dia-a-dia do vosso negócio?
A SoftFinança trabalha todos os dias para oferecer o melhor serviço aos seus clientes de acordo com as necessidades do mercado. Como tal, estamos atentos às tendências, necessidades e mudanças para apresentarmos as soluções que antecipam futuras necessidades e garantam que os nossos clientes têm vantagem em relação aos seus competidores, disponibilizando soluções que fazem a diferença e correspondem às expectativas dos nossos clientes.
Atualmente, e apesar de o mercado estar em constante mudança, estes ciclos de mudança tornaram-se mais curtos, e a inovação constante torna-se a norma, com processos de evolução iterativa das soluções utilizadas. Como trabalhamos, primordialmente, com clientes empresariais, sentimos a necessidade de lhes apresentar soluções tecnológicas que assegurem a fidelização e uma experiência de excelência aos seus clientes. É aí que, em conjunto com os nossos clientes, temos estado focados.
O que diferencia a vossa relação com o cliente, em que medida a SoftFinança é a escolha certa?
Na SoftFinança estamos um passo à frente, inovamos e criamos novas oportunidades. Em 31 anos, tornámos ideias em tendências, fizemos um percurso de sucesso com projetos de referência nos setores de atuação e, hoje, continuamos a acreditar que o sucesso dos nossos clientes é o que define o nosso, pelo que lhes oferecemos soluções que permitam estar na vanguarda.
Esta perceção é o que distingue a nossa relação com o cliente, uma vez que a SoftFinança adapta-se às necessidades e objetivos deste, com o propósito de lhe proporcionar um serviço à medida dos seus objetivos, sempre com um espírito de proximidade e parceria para assegurar a excelência dos projetos e soluções desenvolvidas.

Cada setor tem o seu próprio ritmo e particularidades que têm de ser trabalhadas e para as quais procuramos soluções

Como perspetivam o desenvolvimento do mercado em que atuam e que setores de atividade serão alvo de maior crescimento?
A pandemia agilizou a transformação digital em todos os setores e criou um novo paradigma em que a presença multicanal é crucial para a satisfação do cliente.
Da saúde à indústria, do turismo ao retalho, serviços financeiros, e mesmo em algumas áreas menos óbvias, como a energia, a transformação digital é agora uma realidade.
Contudo, apesar de presentes no digital e de fornecerem serviços através de múltiplos canais, cada setor tem as suas peculiaridades. Enquanto, por exemplo, o digital domina a área financeira, em outros setores ainda há um longo caminho pela frente.
Desta forma, cada setor tem o seu próprio ritmo e particularidades que têm de ser trabalhadas e para as quais procuramos soluções. Porém, num futuro próximo, apesar dos diferentes ritmos, os setores que têm uma maior aposta nas tecnologias de informação, como os serviços financeiros, a saúde ou o retalho irão continuar a estar na liderança desta transformação.  E, em todos eles, a SoftFinança está presente, em conjunto com os seus clientes, para acelerar essa transformação e apoiá-los para manter a liderança tecnológica.

Qual é a estratégia da SoftFinança face ao posicionamento no mercado internacional? Quais são os vossos mercados prioritários?
A nossa estratégia, quer a nível nacional ou internacional, consiste em acrescentar valor aos sistemas de informação dos nossos clientes através da adaptação das nossas soluções a cada necessidade e objetivo.
É este o nosso core e o que faz com que tenhamos nascido no setor financeiro, crescido para outros setores, levado as nossas soluções além-fronteiras e que o nosso expertise seja reconhecido e solicitado.
Posto isto, a nossa história e conhecimento faz com que já marquemos presença em 14 países e continuemos a apostar noutros mercados, sendo exemplo disso Alemanha, Malta, Angola, Senegal e República Dominicana.