Reciclagem de cartões de pagamentos

MERECE: um movimento ao serviço da reciclagem de cartões

MERECE

MERECE: um movimento ao serviço da reciclagem de cartões

MERECE é a sigla de um movimento com um fim nobre: reciclar cartões com componentes eletrónicas. O Movimento Empresarial para a Reciclagem de Cartões com Componentes Eletrónicos nasceu oficialmente no passado dia 8 de outubro e é liderado pela Contisystems. É uma iniciativa de sustentabilidade ambiental de um dos maiores fornecedores de cartões que quer minimizar o impacto ambiental da sua atividade.

«É um movimento que pretende juntar o maior número possível de entidades emissoras [de cartões eletrónicos, designadamente, bancos e outras entidades financeiras] para garantir um tratamento ecologicamente responsável dos cartões inutilizados» já que cartões que têm componentes eletrónicas não podem seguir os trâmites usuais da reciclagem de plástico. O Santander, o Banco CTT e a Unicre já se associaram ao MERECE.

Como funciona? Após a recolha dos cartões inutilizados estes são transformados em estrilha nas instalações da Contisystems, ou seja, pequenos pedaços de plástico com componentes eletrónicos. A estrilha é encaminhada para a Extruplás, parceiro de reciclagem da Contisystems, que a irá transformar em peças de mobiliário urbano.

As entidades aderentes podem disponibilizar caixas de recolha nos seus pontos de atendimento ao público e «dar aos clientes a opção de deixarem o seu cartão caducado ser capturado na caixa automática, assegurando o seu posterior encaminhamento para o tratamento no âmbito do MERECE».

Segundo a Contisystems, a produção de cada cartão com componentes eletrónicos gera uma pegada de carbono de aproximadamente 150gr. Para compensar esta pegada, o MERECE irá proceder a ações de plantação de árvores através da Associação Plantar uma Árvore. O objetivo é plantar uma árvore por cada quilo de resíduos recolhidos.