Diretiva

Inovação repensa sistemas de pagamento

O desafio PayChallenge: Rethinking Payment Services, promovido pela CIONET em parceria com a Portugal Fintech e com o Banco de Portugal,como host, passou a contar com o apoio da BIG Start Ventures. O fundo português de capital de risco focado em FinTech, Insurtech e Cybersecurity, aliou-se ao desafio Pay Challenge: Rethinking Payment Services com 100.000 euros de equity funding para apoiar a equipa vencedora e apoiar o desenvolvimento da ideia de negócio no contexto das FinTech

A inovação promovida no Pay Challenge ganha peso quando enquadrada no contexto da nova Diretiva de Serviços de Pagamento (PSD2) que entra em vigor em janeiro de 2018. A PSD2 (Payment Service Directive) obrigará todos os bancos a ter Open API (protocolos abertos de troca de informação). Esta obrigação, além de provocar muitas quebras de monopólios de pagamentos a nível europeu, poderá servir de mote para os bancos abrirem a sua infraestrutura de forma a cocriarem com quem quiser desenvolver serviços financeiros em cima da sua infraestrutura.

A nível global, quem aproveita estas funcionalidades são, na sua maioria startups, e em Portugal seria essencial existir esta possibilidade para criar um ecossistema fértil para o desenvolvimento do sector.
De acordo com João Freire de Andrade, head of Venture Capital do BiG – Banco de Investimento Global), este apoio representa “uma oportunidade de viabilizar o arranque de negócios num mercado que, a partir de janeiro de 2018, vai apresentar um nível de atratividade muito superior”.

Para além desta revolução no sector, este responsável acredita que as soluções inovadoras que vão surgir desta competição serão “benéficas para todos os stakeholders, incluindo os consumidores”.