open banking

BPI app vai permitir iniciar pagamentos a partir de contas de outros bancos

Sérgio Santos, Banco BPI

Foi a primeira app a permitir a agregação de contas de outros bancos, afirma Sérgio Santos, do Banco BPI. Em breve, vai ser possível iniciar pagamentos de serviços a partir de contas noutros bancos

O número de clientes digitais ativos da app do BPI está a aumentar consistentemente bem como as funcionalidades disponíveis.

Dados relativos a junho de 2019 apontam para “um total de 43% de clientes digitais ativos, entre empresas e particulares”, disse Sérgio Santos, diretor central, responsável pela Direção de Banca Digital do Banco BPI, ao  SmartpaymentsNews.

“Entre junho de 2018  e junho deste ano, o número de utilizadores móveis da BPI App cresceu 37% para 342 mil utilizadores regulares”, acrescentou. De facto, “a app já foi descarregada mais de um milhão de vezes e recebe, em média, mais de 100 mil visitas diárias”.

O responsável recorda ainda que a primeira versão da app surgiu em 2012. E que o banco disponibiliza também uma app para o segmento de empresas: a BPI App Empresas.

De acordo com os dados do BASEF Banca (particulares), realizado pela Marktest há duas décadas, “o BPI é líder na penetração do homebanking junto dos particulares”, referiu Sérgio Santos.

Leia também: App do BPI permite iniciar transferências de outros bancos

No âmbito da plataforma de Open Banking, a app do BPI foi a primeira, em Portugal, “a disponibilizar a possibilidade de agregação de contas de outros bancos através dos canais digitais do BPI (BPI Net e BPI App), usando as vantagens da nova Diretiva de pagamentos PSD2”, afirmou Sérgio Santos.

BPI appNeste momento, os “clientes do BPI com contas noutros bancos, podem consultar saldos e movimentos, e iniciar transferências dessas contas através dos canais digitais do BPI. Além disso, a BPI App também disponibiliza o serviço “As minhas Finanças”, que permite otimizar a gestão das finanças pessoais, o serviço de Poupança por objetivos e Soluções de crédito imediato”, descreve o responsável.

A consulta de saldos e movimentos e o acesso a outros serviços relativos a contas de outros bancos é possível para contas de bancos que “disponibilizaram as suas API na plataforma SIBS API Market”.

Atualmente, a “BPI App está disponível para iOS e Android e permite o acesso às principais operações bancárias do dia a dia, incluindo as transferências MB Way que são gratuitas para os clientes BPI”. Além disso, “a descarga e utilização da BPI App é gratuito”.

Alguns dos conteúdos da app estão disponíveis para qualquer utilizador, independentemente de ser cliente do banco: “a BPI App dirige-se a clientes do banco, mas disponibiliza alguns conteúdos de acesso público. Além dos contactos mais relevantes do BPI, apresenta informação sobre a rede de balcões, centros de investimento e Centros de Empresa BPI”.

O responsável não avançou qual o investimento do banco na app, pois “o banco não revela esses números desagregados”. Mas, assinala que “o BPI está entre as 10 empresas que mais investem em inovação em Portugal. Foram mais de 200 milhões nos últimos anos”.

Os próximos desenvolvimentos da app, como já referido, darão aos clientes a possibilidade de “iniciar pagamentos de serviços a partir de contas noutros bancos”, avançou Sérgio Santos.

Transformação digital

Mas a app não é a única inovação do banco. A organização está em pleno processo de transformação digital. Esta “permite melhorar os processos internos para disponibilizar serviços mais rápidos e eficientes aos clientes. Esta digitalização dos serviços bancários, implica não só os canais home e mobile banking que são habitualmente associados a “Banca Digital”, mas implica também uma nova forma de prestar serviços aos balcões”, detalhou.

“O nosso serviço BPI GoBanking é um exemplo dos benefícios da tecnologia ao serviço dos balcões e, sobretudo, dos clientes. Com esta nova plataforma, os gestores comerciais do BPI usam soluções híbridas (portátil-tablet) para exercerem a sua atividade em total mobilidade, a qualquer hora e em qualquer lugar, entregando ao cliente uma experiência totalmente inovadora”.

“No BPI sempre vimos o open banking como uma oportunidade. Desde logo, face a outros players que possam surgir, o banco tem a vantagem de ter um vasto conhecimento e relações de longa duração com milhões de clientes, que conhecem e confiam no BPI. Por outro lado, a tecnologia está a permitir-nos aumentar as interações com os clientes através de qualquer um dos vários canais do banco, seja ao balcão, ou através da BPI App, do BPI Net, por telefone. E, com as possibilidades do open banking e, em particular da agregação de contas, essas interações com o cliente vão necessariamente aumentar. O nosso foco é proporcionar a melhor e mais completa experiência possível ao cliente, em qualquer desses canais”

Sérgio Santos, diretor central, responsável pela Direção de Banca Digital do Banco BPI