Consumidor

Visa alcança objetivo ‘Eletricidade 100% Renovável’

A Visa anunciou ter alcançado o objetivo de utilizar eletricidade 100% renovável até 2020 através de fontes de energia solar e eólica

A Visa anunciou ter alcançado o objetivo de utilizar energia elétrica 100% renovável até 2020. “Este marco vem reiterar o compromisso da empresa de conduzir de forma responsável e sustentável todas as suas operações à escala global, compostas por 131 escritórios em 76 países e quatro centros globais de processamento”, avança a empresa em comunicado.

A empresa definiu, em 2018, o objetivo ‘100% renovável’ e, desde então, tem trabalhado de forma rápida em todas as suas instalações espalhadas pelo mundo para garantir um mix sustentável de energias renováveis, tais como a solar e a eólica, adianta a mesma informação.

Al Kelly, CEO da Visa Inc explica que tem “um grande orgulho nos investimentos que fizemos nas nossas infraestruturas e que nos possibilitaram alcançar este importante marco na área das energias renováveis. Vamos continuar a dar prioridade ao papel relevante que o nosso negócio e indústria têm na transição para uma economia global mais limpa”.

Ao trabalhar com entidades locais e prestadores de serviços de eletricidade mais competitivos, a Visa conseguiu avaliar as melhores opções disponíveis em cada um dos países e optar pelos que iam ao encontro da abordagem pretendida. A empresa fez investimentos locais em eletricidade renovável nos mercados onde tem as suas principais instalações – quatro espaços, nos Estados Unidos da América e no Reino Unido -, que representam 80% do seu consumo de eletricidade à escala global.

Tendo em vista este compromisso, a Visa juntou-se e acompanhou as diretrizes do RE100 (uma colaboração global de empresas influentes, liderada pela The Climate Group em parceria com a CDP, focada em alcançar um consumo energético 100% renovável); tornou-se membro da Aliança de Compradores de Energias Renováveis (REBA); e assinou a Carta de Princípios dos Compradores de Energias Renováveis.

Ao comprar energia 100% renovável, a Visa reduziu as emissões das operações das suas unidades e centros de dados em quase 90%, quando comparados com quadros de referência de 2014, mitigando assim o impacto das emissões de gases com efeito de estufa (emissões de Scope 2).

A uma escala global, a Visa implementou medidas de eficiência energética, tais como o compromisso com o design de edifícios e operações – com base na Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED); melhorando sistemas de iluminação e AVAC; e exigindo que, no mínimo, 90% dos novos produtos eletrónicos nos seus maiores campus corporativos estejam de acordo com os padrões de certificação Energy Star ou EPEAT (Ferramenta de Avaliação Ambiental de Produtos Eletrónicos).

– A Visa tem trabalhado para agilizar a mobilidade urbana;
– A empresa é parceira num estudo sobre consumidores e vida saudável e sustentável, que engloba 25 países;
– A organização apoiou o lançamento da Travalyst, um iniciativa focada em viagens e turismo sustentáveis;
– A multinacional é fundadora da Brands for Good, uma iniciativa que tem como objetivo tornar a vida sustentável mais atrativa, gratificante e tangível.

Leave a Comment