Congresso

Sensei cria experiência de pagamento melhorada

Vasco Portugal, CEO Sensei

“Perdemos dois anos da nossa vida à espera para pagar”, segundo um professor da MIT. A Sensei quer mitigar este problema.

A Sensei está focada em criar uma boa experiência de compra para o consumidor, ao reduzir substancialmente o tempo de espera no momento do pagamento. A startup portuguesa está a desenvolver um sistema que, tirando partido de câmaras, sensores ou inteligência artificial, regista os movimentos do cliente e o que retiram das prateleiras.

Os valores dos itens retirados da prateleira são somados automaticamente – e também subtraídos caso se volte a colocar o produto na prateleira – e, no final da compra, o cliente sai sem ter de esperar na fila.

O valor é debitado automaticamente no cartão associado à aplicação instalada no telemóvel. Além da aplicação, o cliente necessita, naturalmente, de se dirigir a uma loja com a solução implementada. Segundo Vasco Portugal, CEO da Sensei, a solução deve chegar ao mercado ainda durante o corrente ano. “O cliente numa loja física passa a ser um utilizador”.

No final da apresentação as questões dos participantes multiplicaram-se o que pode significar que há um interesse dos merchants em continuar a melhorar a experiência do consumidor nas lojas. A startup conta com o investimento da Sonae – dona do Continente – e do Grupo Metro alemão.

A aplicação só guarda as imagens durante um curto espaço de tempo e para o objetivo definido (o pagamento das compras), pelo que está à partida em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Apesar de o comércio online estar a ganhar terreno, há ainda muitas oportunidades no comércio físico, o que é atestado pela entrada de algumas empresas tradicionalmente online no mercado físico, como é o caso da Amazon, assinala Vasco Portugal. Além disso, também as empresas retalhistas tradicionais estão a procurar soluções para melhorar a experiência nas lojas físicas, tirando partido de tecnologias digitais e aumentado as suas vantagens competitivas.

O empreendedor acrescenta que uma grande percentagem de clientes – mais de 90% – gostariam de ver reduzido o tempo que despendem a pagar.

A solução apresenta ainda vantagens a montante para o retalhista, pois permite recolher dados em espaços físicos e analisar padrões de consumo, além de permitir uma gestão dos stocks em tempo real. Apesar de não incluir módulos de pagamentos, estes podem ser integrados com a solução.