Reconhecimento

BPI premiado por assessores financeiros digitalizados

A publicação, especializada em private banking destacou as ferramentas digitais e de mobilidade desenvolvidas pelo banco para as áreas de wealth management e de relação com o cliente. 

A PWM, publicação do Grupo Financial Times, elegeu o BPI como o “Melhor Private Banking” da Europa devido à digitalização dos seus assessores financeiros, anunciou o banco em comunicado.

A publicação, especializada em private banking destacou as ferramentas digitais e de mobilidade desenvolvidas pelo banco para as áreas de Wealth Management e de relação com o cliente.

O prémio atribuído ao banco diz respeito à digitalização dos assessores financeiros (Best Private Bank for digitally empowering relationship managers – Europe). No conjunto, estes prémios (Wealth Tech Awards) premeiam as entidades de private banking que “se destacam pela excelência na sua estratégia de transformação digital e pela sua contínua inovação”, explica a mesma nota de imprensa.

O painel de júris, que analisou mais de 50 entidades, valorizou a ferramenta digital do BPI para a gestão integrada dos serviços de Wealth Management, incluindo processos administrativos, relação com o cliente e gestão da carteira.

Acresce ainda que esteve ainda em destaque a plataforma tecnológica GoBanking, que assegura a disponibilidade e mobilidade dos Assessores Financeiros em qualquer altura e em qualquer lugar.

Pablo Forero, CEO do BPI, assinalou que “o plano estratégico do BPI tem como uma das prioridades a aceleração da transformação digital do banco. No caso do private banking estamos a investir em tecnologias avançadas para disponibilizar uma oferta cada vez mais omnicanal, com um enfoque na mobilidade digital e na experiência do cliente”.

Nesta edição, o CaixaBank, acionista único do BPI, foi eleito a “melhor entidade de private banking do mundo pela sua comunicação digital a clientes (Best Private Bank for digital client communication- Globally)”.