Desmaterialização

Visa tira dinheiro de campo

futebol

Os fãs de futebol, que assistam à Taça das Confederações 2017, vão poder realizar pagamentos sem dinheiro. A Visa implementou cerca de 1 600 terminais de ponto de venda e 120 terminais móveis nos estádios oficiais da FIFA, o que permitirá aos visitantes beneficiar de uma experiência de compra sem dinheiro físico.

A desmaterialização é concretizada através de diversas formas pagamento, que permitirão aos fãs de futebol economizar mais tempo nas suas saídas de jogo pagando com cartões e dispositivos móveis. Os cartões pré-pagos comemorativos da Visa, que podem ser recarregados em caixas eletrónicas contactless disponíveis pelos estádios, os cartões de débito ou crédito sem contato da Visa, e os pagamentos móveis com Visa em terminais preparados para usar o NFC.

A Visa estabeleceu uma parceria com o banco russo Alfa-Bank, o banco europeu oficial da Taça das Confederações FIFA de 2017. No âmbito desta parceria foi criado um cartão magnético de pagamento com NFC Visa, que custa aproximadamente 18 dólares nos pontos de venda da Visa existentes nos estádios e que podem ser recarregados, usando os cartões pessoais de débito ou crédito dos visitantes.

Para os convidados selecionados da Visa e do Alfa-Bank está também disponível um anel de pagamento, que pela primeira vez será utilizado num evento da FIFA. O anel de pagamento, preso a um cartão pré-pago, tem uma antena que permite pagamentos NFC.

“Como parceiro de serviço de pagamento oficial da Taça das Confederações FIFA de 2017, estamos entusiasmados por proporcionar aos fãs experiências de pagamento inovadoras”, sustenta Ekaterina Petelina, gerente nacional da Visa Rússia.