app

Burger King e McDonalds: quem lança primeiro a app de compras no telemóvel?

burgerking

O McDonalds anunciou no final do ano passado um plano global de lançamento de uma aplicação móvel, que vai permitir a escolha e compra de hambúrgueres e outros produtos comercializados nas suas lojas através do telemóvel. Mas pode acabar por perder a vantagem face à concorrência.

O Burger King está a testar uma tecnologia para os mesmos efeitos em alguns dos seus restaurantes nos Estados Unidos, na região de Miami. Os testes começaram em dezembro e a empresa já garantiu à imprensa que pretende lançar a aplicação de forma mais abrangente nos próximos meses. O primeiro passo será um lançamento a nível nacional, nos Estados Unidos, seguindo-se outras geografias.
Enquanto isso, o concorrente McDonalds prepara-se para garantir uma oferta na mesma área e já detalhou planos de lançamento para 2017 e 2018. O objetivo da marca é começar a disponibilizar a aplicação já este ano e chegar a 25 mil lojas até ao início de 2018.
Portugal não integra o primeiro grupo de países que começará a oferecer a possibilidade de pagar pelos seus hambúrgueres através da app mais para o final do ano.
Os próximos meses esclarecerão qual das duas empresas alcança primeiro o objetivo de modernizar os seus meios de pagamento e aderir a uma tendência que embora seja menos comum na área da restauração tem invadido outros sectores.
Neste segmento, embora os exemplos de aposta em pagamentos móveis não sejam generalizados há alguns casos de sucesso, como o do Starbucks, que já processa 25% das vendas através da aplicação móvel que disponibiliza para o efeito.